top of page

Conflito: Técnica de ouro Storytelling

Conflito:  Introduza desafios para manter o interesse.


Introduza desafios significativos que os personagens enfrentarão ao longo da narrativa. O conflito impulsiona a trama, cria tensão e permite o crescimento dos personagens. Isso mantém a audiência investida no desenrolar dos eventos.


Desenvolvimento do Conflito na Narrativa:

Introduzir desafios significativos na narrativa é uma peça-chave para manter o interesse e a participação da audiência ao longo do tempo. O conflito não apenas impulsiona a trama, mas também oferece oportunidades para o crescimento dos personagens e a exploração de temas mais profundos.


Estabeleça Objetivos Claros para os Personagens:


Cada personagem deve ter objetivos claros e específicos. O conflito surge quando esses objetivos são desafiados ou ameaçados de alguma forma. Isso cria uma dinâmica de busca e superação ao longo da história.


O conflito surge quando esses objetivos são desafiados ou ameaçados de alguma forma. Isso cria uma dinâmica de busca e superação ao longo da história.


Aqui estão algumas considerações ao desenvolver o conflito em uma narrativa:


Exemplo 1: Harry Potter - "Harry Potter" de J.K. Rowling:

- Objetivo de Harry: Inicialmente, Harry Potter busca descobrir sua identidade no mundo dos bruxos após anos de reclusão e abuso na casa dos tios. Seu objetivo específico é encontrar um lugar onde pertença e onde sua magia seja valorizada.

- Conflito: O surgimento de Voldemort e os desafios enfrentados em Hogwarts constantemente ameaçam a segurança de Harry e seu objetivo de encontrar um lar. Cada livro representa um desafio crescente, e Harry é confrontado com ameaças que testam sua coragem e determinação.

- Dinâmica de Busca e Superação: A busca pela verdade sobre seus pais, sua identidade e a luta contra as forças das trevas formam a espinha dorsal da narrativa. Cada desafio superado leva a novos objetivos e a uma contínua evolução do personagem.


Exemplo 2: Walter White - "Breaking Bad" de Vince Gilligan:

- Objetivo de Walter: Walter White, um professor de química diagnosticado com câncer terminal, tem o objetivo inicial de garantir o futuro financeiro de sua família. Seu objetivo específico é usar suas habilidades em química para fabricar e vender metanfetamina.

- Conflito: Ao entrar no mundo do tráfico de drogas, Walter enfrenta constantes ameaças à sua vida e à sua família. Conflitos éticos e morais também surgem à medida que ele se afunda mais profundamente no crime.

- Dinâmica de Busca e Superação: A série é impulsionada pela busca de Walter por poder e sucesso no mundo do crime. Cada decisão questionável e cada desafio representam etapas cruciais em sua jornada de busca e superação, mas também levam a consequências inevitáveis.


Esses exemplos destacam como objetivos claros e específicos dos personagens criam conflitos que permeiam toda a narrativa, impulsionando uma dinâmica de busca e superação. À medida que os personagens enfrentam desafios, a audiência se mantém investida, ansiosa para ver como eles superarão obstáculos e atingirão seus objetivos.


Ao cuidadosamente desenvolver o conflito na narrativa, você cria uma experiência envolvente que mantém a audiência investida e ansiosa para descobrir o que acontecerá a seguir. O conflito é o combustível que impulsiona a trama, proporcionando profundidade e significado à história.


Crie situações em que os objetivos dos personagens sejam conflitantes. Isso gera tensão natural na narrativa, pois os personagens podem se encontrar em dilemas morais ou confrontos diretos devido a seus objetivos opostos.


Exemplo 1: "Game of Thrones" (Série de TV) - Jon Snow vs. Daenerys Targaryen:

- Objetivo de Jon Snow: Proteger Westeros da ameaça dos Caminhantes Brancos e garantir a sobrevivência do reino.

- Objetivo de Daenerys Targaryen: Reivindicar o Trono de Ferro e restaurar a dinastia Targaryen.

- Conflito: Os objetivos de Jon e Daenerys entram em conflito quando ela percebe que seu direito ao trono está ameaçado pela verdadeira herança de Jon. Isso cria uma tensão entre eles, levando a dilemas morais e decisões difíceis.


Exemplo 2: "The Dark Knight" (Filme) - Batman vs. Coringa:

- Objetivo de Batman: Manter a ordem e a justiça em Gotham City, usando métodos éticos.

- Objetivo do Coringa: Caos e anarquia, desafiando as noções tradicionais de ordem e moral.

- Conflito: Os objetivos opostos de Batman e Coringa geram uma tensão constante. Batman se vê em dilemas morais sobre até onde deve ir para combater um inimigo tão caótico, enquanto o Coringa busca constantemente desafiar e corroer o moral de Batman.


Exemplo 3: "The Social Network" (Filme) - Mark Zuckerberg vs. Eduardo Saverin:

- Objetivo de Mark Zuckerberg: Transformar o Facebook em uma plataforma global e dominar o mercado de redes sociais.

- Objetivo de Eduardo Saverin: Manter a integridade original do Facebook como uma rede social exclusiva para estudantes de Harvard.

- Conflito: Os objetivos de Mark e Eduardo tornam-se conflitantes à medida que o Facebook cresce. Mark busca expansão global, enquanto Eduardo está preocupado com os valores iniciais da plataforma. Isso leva a confrontos diretos e consequências legais.


Esses exemplos ilustram como criar situações em que os objetivos dos personagens são conflitantes gera naturalmente tensão na narrativa. Esses conflitos não apenas impulsionam a trama, mas também oferecem oportunidades para explorar dilemas morais e éticos, enriquecendo a complexidade da história.


Diversidade de Conflitos:

Introduza diferentes tipos de conflitos para manter a narrativa envolvente. Isso pode incluir conflitos internos (dúvidas, dilemas morais) e externos (antagonistas, obstáculos físicos), criando uma variedade de desafios para os personagens enfrentarem.


Exemplo 1: "Breaking Bad" (Série de TV) - Walter White:

- Conflito Interno: Walter White enfrenta um conflito interno significativo ao longo da série. Seu dilema moral sobre entrar no mundo do tráfico de drogas, inicialmente motivado por uma necessidade financeira, evolui à medida que ele se torna cada vez mais envolvido no crime. A luta interna entre suas ações e seus valores cria uma narrativa rica e complexa.

- Conflito Externo: Além dos conflitos internos, Walter enfrenta uma série de adversários externos, como Gustavo Fring e a DEA. Esses antagonistas representam ameaças físicas e legais, adicionando uma camada de tensão externa à narrativa.


Exemplo 2: "The Great Gatsby" (Livro) - Jay Gatsby:

- Conflito Interno: Jay Gatsby enfrenta um conflito interno em sua busca pelo sonho americano. Sua obsessão por reconquistar o amor de Daisy Buchanan o leva a ações duvidosas e a uma constante luta entre suas ambições e a realidade.

- Conflito Externo: O relacionamento entre Gatsby e Tom Buchanan, marido de Daisy, representa um conflito externo. A rivalidade entre os dois personagens culmina em eventos dramáticos e trágicos, acrescentando uma dimensão externa e emocional à história.

Exemplo 3: "The Shawshank Redemption" (Filme) - Andy Dufresne:

- Conflito Interno: Andy Dufresne enfrenta conflitos internos enquanto cumpre pena injustamente. Sua luta para manter a esperança e a integridade em um ambiente hostil é um exemplo de conflito interno significativo.

- Conflito Externo:O sistema penitenciário e as relações com outros prisioneiros, especialmente com Red, representam conflitos externos. A busca por liberdade em meio a obstáculos físicos e sociais é o cerne da narrativa.


Introduzir diferentes tipos de conflitos, tanto internos quanto externos, enriquece a narrativa ao oferecer uma variedade de desafios para os personagens superarem. Essa diversidade mantém a audiência envolvida, proporcionando uma experiência rica e multidimensional.


Evolução do Conflito:

Permita que o conflito evolua ao longo da narrativa. À medida que os personagens enfrentam desafios e superam obstáculos, novos elementos de conflito podem surgir, mantendo a trama dinâmica e imprevisível.


Exemplo 1: "The Lord of the Rings" (Trilogia de Livros/Filmes) - Frodo Baggins:

- Fase Inicial: Frodo começa sua jornada com o objetivo de destruir o Um Anel. O conflito inicial é com as forças de Sauron e os perigos da Terra Média.

- Evolução do Conflito: À medida que Frodo avança, novos elementos de conflito surgem. A corrupção gradual do Um Anel e os desafios pessoais enfrentados por Frodo, como a tentação do poder, adicionam camadas de complexidade ao conflito. Além disso, as tensões entre membros da Sociedade do Anel introduzem conflitos interpessoais.


Exemplo 2: "Breaking Bad" (Série de TV) - Walter White:

- Fase Inicial: Walter White começa fabricando metanfetamina para garantir o futuro de sua família após ser diagnosticado com câncer. Seu principal antagonista é Tuco Salamanca.

- Evolução do Conflito: Conforme Walter mergulha mais fundo no mundo do crime, os conflitos evoluem. A ameaça de personagens como Gustavo Fring e os desafios éticos, como a morte de Jane, transforma o conflito central. Além disso, a dinâmica entre Walter e Jesse Pinkman introduz conflitos interpessoais.


Exemplo 3: "Game of Thrones" (Série de TV) - Daenerys Targaryen:

- Fase Inicial: Daenerys começa sua jornada visando o Trono de Ferro e a restauração da dinastia Targaryen. Seu principal conflito é com outros pretendentes ao trono.

- Evolução do Conflito: Ao longo das temporadas, novos elementos de conflito surgem. A ameaça dos Caminhantes Brancos, as alianças e traições políticas, e as consequências imprevistas de suas ações adicionam complexidade à sua jornada. Conflitos interpessoais com conselheiros e aliados também se tornam proeminentes.

Permitir que o conflito evolua proporciona um arco narrativo rico e dinâmico. Os personagens enfrentam desafios em constante mudança, mantendo a audiência investida e curiosa sobre o que acontecerá a seguir. Essa evolução é essencial para uma narrativa cativante e imprevisível.


Consequências Significativas:

Garanta que as resoluções do conflito tenham consequências significativas para a história e para os personagens. Isso mantém a audiência investida, pois eles se preocupam com as ramificações das ações dos personagens.


Exemplo 1: "Game of Thrones" (Série de TV) - A Batalha de Winterfell:

- Conflito: A batalha épica entre os vivos e os mortos na Batalha de Winterfell representa um dos maiores conflitos na série. Os personagens principais enfrentam ameaças inimagináveis dos Caminhantes Brancos.

- Resolução e Consequências: A resolução da batalha tem consequências profundas. A morte de personagens queridos, como Jorah Mormont e Theon Greyjoy, afeta emocionalmente a audiência. Além disso, a vitória tem implicações significativas para o resto da série, moldando alianças e estratégias para o confronto final.


Exemplo 2: "The Dark Knight" (Filme) - Escolha de Batman na Balsa:

- Conflito: Batman enfrenta um dilema moral quando o Coringa ameaça explodir duas balsas de prisioneiros e cidadãos. Os ocupantes de cada balsa têm o detonador da outra.

- Resolução e Consequências: A escolha de Batman de não matar revela sua integridade, mas também tem implicações.


A confiança nas instituições é abalada, e a decisão de não sacrificar vidas para salvar outras tem consequências emocionais e filosóficas duradouras na narrativa.


Exemplo 3: "Harry Potter" (Série de Livros/Filmes) - Batalha de Hogwarts:

Conflito: A batalha final entre Harry e seus aliados contra Voldemort e seus seguidores representa o clímax da série. O conflito central é a luta entre o bem e o mal.

Resolução e Consequências: A derrota de Voldemort tem consequências abrangentes. A série fecha com epílogos que mostram o destino dos personagens principais, destacando as consequências de suas ações na construção de um mundo pós-batalha.

Esses exemplos adicionais ilustram como as resoluções do conflito têm consequências duradouras, moldando não apenas os destinos individuais dos personagens, mas também o contexto mais amplo da narrativa.


A importância de cada escolha e confronto ressoa além do momento imediato, mantendo a audiência envolvida e reflexiva sobre as implicações mais profundas da história.


Conflito Relacionado aos Temas Principais:

Alinhe o conflito com os temas principais da narrativa. Isso não apenas mantém a coesão na trama, mas também permite uma exploração mais profunda dos temas centrais da história.


Exemplo 1: "To Kill a Mockingbird" (Livro) - Conflito Racial:

- Tema Principal: O livro explora o racismo e a injustiça racial no sul dos Estados Unidos durante a Grande Depressão.

- Conflito Alinhado: O julgamento de Tom Robinson, acusado injustamente de estuprar uma mulher branca, serve como o principal conflito. Este evento exemplifica e amplifica os temas centrais de preconceito racial e injustiça que percorrem toda a narrativa.


Exemplo 2: "1984" (Livro) - Conflito com o Totalitarismo:

- Tema Principal: O livro examina os perigos do totalitarismo e do controle governamental absoluto.

- Conflito Alinhado: O conflito central gira em torno da resistência de Winston Smith contra o Partido e seu líder, o Grande Irmão. As ações de Winston contra a opressão totalitária refletem diretamente o tema central do perigo do poder excessivo do governo.

Exemplo 3: "The Handmaid's Tale" (Livro/Série de TV) - Conflito sobre Autonomia Feminina:

- Tema Principal: A narrativa explora a supressão dos direitos das mulheres em uma sociedade distópica.

- Conflito Alinhado: O conflito central envolve a protagonista, Offred, lutando contra a opressão do regime teocrático de Gilead. Seu desejo de autonomia e liberdade está intrinsicamente ligado ao tema central da opressão feminina.


Exemplo 4: "The Matrix" (Filme) - Conflito sobre a Realidade e Controle:

- Tema Principal: O filme questiona a natureza da realidade e aborda temas de controle e liberdade.

- Conflito Alinhado: Neo, o protagonista, enfrenta um conflito central ao descobrir a verdadeira natureza da Matrix e lutar contra o controle das máquinas. Este conflito está alinhado com o tema central da luta pela liberdade e compreensão da realidade.


Exemplo 5: "The Great Gatsby" (Livro) - Conflito entre Riqueza e Vazio Existencial:

- Tema Principal: O livro examina a busca pela riqueza e o vazio existencial que pode acompanhá-la.

- Conflito Alinhado: O conflito central ocorre na busca de Gatsby pelo "sonho americano" através da riqueza e da tentativa de reconquistar o amor de Daisy. Este conflito reflete e aprofunda os temas centrais do livro sobre a natureza ilusória e muitas vezes vazia do sucesso material.


Alinhar o conflito com os temas principais da narrativa proporciona não apenas coesão à trama, mas também uma exploração mais profunda dos assuntos que o autor pretende abordar. Essa conexão íntima entre o conflito e os temas centrais enriquece a narrativa, proporcionando uma experiência mais significativa para a audiência.


Crescimento dos Personagens:

Use o conflito como uma oportunidade para o crescimento dos personagens. À medida que enfrentam desafios, os personagens podem aprender lições importantes, mudar suas perspectivas e evoluir emocionalmente.


Exemplo 1: "The Shawshank Redemption" (Filme) - Andy Dufresne:

- Conflito e Crescimento: Andy enfrenta a injustiça e brutalidade do sistema prisional. Ao longo da narrativa, ele mantém sua integridade e esperança, mesmo nas condições mais adversas. Seu crescimento é evidenciado pela forma como ele ajuda outros prisioneiros e, finalmente, planeja sua fuga, demonstrando resiliência e coragem.


Exemplo 2: "The Lord of the Rings" (Trilogia de Livros/Filmes) - Frodo Baggins:

- Conflito e Crescimento: Frodo é encarregado de destruir o Um Anel, enfrentando inúmeras ameaças e tentações ao longo da jornada. O fardo do anel testa sua força interior. O conflito molda Frodo, levando-o a sacrifícios pessoais e mostrando sua maturidade ao final da saga.


Exemplo 3: "Breaking Bad" (Série de TV) - Jesse Pinkman:

- Conflito e Crescimento: Jesse enfrenta uma série de tragédias e dilemas éticos enquanto trabalha com Walter White. Seu envolvimento no tráfico de drogas e a perda de entes queridos o fazem questionar suas escolhas. Ao enfrentar o conflito, Jesse amadurece emocionalmente e busca redenção.


Exemplo 4: "The Great Gatsby" (Livro) - Nick Carraway:

- Conflito e Crescimento: Nick, o narrador, é testemunha das festas extravagantes e relacionamentos tumultuados em torno de Gatsby. Ao enfrentar a corrupção e superficialidade da alta sociedade, Nick reflete sobre seus próprios valores e perspectivas. O conflito o leva a uma compreensão mais profunda da natureza humana.


Exemplo 5: "To Kill a Mockingbird" (Livro) - Scout Finch:

- Conflito e Crescimento: Scout testemunha o racismo e a injustiça durante o julgamento de Tom Robinson. A experiência desafiadora amplia sua compreensão do mundo e a ensina sobre empatia e justiça. O conflito contribui para seu crescimento emocional e moral.


Ao utilizar o conflito como uma oportunidade para o crescimento dos personagens, a narrativa transcende o mero entretenimento, proporcionando uma exploração profunda da jornada humana. Os desafios enfrentados pelos personagens se tornam momentos de aprendizado, permitindo que evoluam de maneiras significativas ao longo da história.


Tensão Sustentada:

Mantenha a tensão ao longo da narrativa. Isso pode ser alcançado através da introdução de novos elementos de conflito em momentos estratégicos, mantendo a audiência ansiosa para descobrir como os personagens superarão os desafios.


Exemplo 1: "Breaking Bad" (Série de TV):

- Mantenha a Tensão: A série mantém a tensão ao introduzir constantemente novos elementos de conflito. Cada temporada traz desafios crescentes para Walter White, desde a crescente ameaça de outros traficantes até dilemas éticos complexos. A audiência permanece ansiosa para ver como Walter superará cada obstáculo.


Exemplo 2: "Game of Thrones" (Série de TV):

- Mantenha a Tensão: A série é conhecida por sua capacidade de manter a tensão ao introduzir reviravoltas inesperadas e novos conflitos. As alianças políticas em constante mudança, as mortes surpreendentes de personagens principais e a ameaça dos Caminhantes Brancos garantem que a audiência fique sempre ansiosa pelo próximo episódio.


Exemplo 3: "Inception" (Filme):

- Mantenha a Tensão: O filme mantém a tensão ao introduzir novos elementos de conflito na forma de obstáculos mentais e reviravoltas na trama. À medida que a equipe de Cobb se aprofunda nos sonhos, surgem desafios imprevisíveis, criando uma sensação constante de urgência e incerteza.


Exemplo 4: "Gone Girl" (Livro/Filme):

- Mantenha a Tensão: O thriller mantém a tensão ao apresentar revelações surpreendentes e reviravoltas na narrativa. A cada nova descoberta sobre o desaparecimento de Amy e as verdadeiras intenções dos personagens, a audiência é mantida em suspense sobre o que acontecerá em seguida.


Exemplo 5: "The Walking Dead" (Série de TV):

- Mantenha a Tensão: A série mantém a tensão ao apresentar novos perigos, conflitos interpessoais e ameaças de zumbis em cada temporada. A imprevisibilidade do mundo pós-apocalíptico e as decisões difíceis enfrentadas pelos personagens garantem que a audiência esteja constantemente intrigada.


A introdução estratégica de novos elementos de conflito em momentos-chave da narrativa é essencial para manter a tensão. Esses eventos inesperados mantêm a audiência envolvida, curiosa e ansiosa para descobrir como os personagens lidarão com os desafios emergentes, contribuindo para uma experiência narrativa cativante.

A Importância do Conflito no Storytelling


No universo complexo do Storytelling, o conflito emerge como uma força vital, tecendo os fios da trama com uma intensidade que cativa a audiência. Como artífices do relato, exploramos o potencial dramático do conflito, empregando-o como uma ferramenta hábil para moldar personagens, impulsionar a narrativa e transmitir mensagens profundas.


O conflito não é simplesmente um obstáculo; é uma oportunidade para a evolução dos personagens, uma jornada tumultuosa que revela a verdadeira essência de suas almas. Ao enfrentarem desafios, dilemas morais e adversidades, os protagonistas transcendem suas limitações, crescendo emocionalmente diante da audiência expectante.


A manutenção da tensão ao longo da narrativa, por meio da introdução estratégica de novos elementos de conflito, é a essência do suspense. É a promessa constante de desdobramentos inesperados que mantém a audiência à beira da cadeira, ansiosa para descobrir como os personagens superarão os desafios lançados em seus caminhos.


Alinhar o conflito aos temas centrais da história não apenas confere coesão à trama, mas também possibilita uma exploração mais profunda de questões universais. É uma dança intricada entre o choque e a resolução, onde as decisões dos personagens reverberam além do momento presente, ecoando nas ramificações da narrativa.


Finalmente, as resoluções do conflito não devem ser apenas conclusões, mas sim catalisadores de consequências significativas. A audiência, investida emocionalmente na jornada dos personagens, anseia por compreender as implicações duradouras de suas ações, garantindo uma experiência narrativa que transcende a tela ou a página.


Assim, no vasto cenário do Storytelling, o conflito não é apenas um elemento; é a substância que dá forma à essência da narrativa. Uma dança entre tensão e resolução, entre desafios e crescimento, o conflito é a força motriz que mantém a chama da curiosidade acesa, fazendo com que cada história seja uma jornada inesquecível.


Áudio & Narrativas

Ajudamos você na produção de Narrativas Sonoras

bottom of page